24 de outubro de 2009

Qual processador escolher - Entenda os Processadores Intel

Se você está confuso com tantos nomes de processadores e lançamentos recentes, aí vai um pequeno resumo do histórico e dos processadores mais recentes da Intel e o seu significado (apenas processadores para Desktop):

Pentium: linha de processadores mais antiga, dominou o mercado por um bom tempo e foi uma revolução na informática. Linhas Pentium I, II, III, IV. No pentium IV a Intel introduziu uma nova tecnologia chamada de HT (Hyper-threading ou Hiperprocessamento) onde ocorria a simulação de 01 processador ser enxergado pela máquina com 2 processadores, facilitando a divisão de trabalho e teoricamente melhorando o desempenho




Celeron: linha derivada do Pentium, porém inferior e mais barata. Foi uma solução interessante para a montagem de computadores mais simples, para edição de texto, web entre outras atividades.






Dual Core: início dos processadores com mais de um núcleo. Apresentam desempenho inferior ao seu sucessor Core 2 Duo e ainda maior gasto de energia e aquecimento




Core 2 Duo: Linha final dos processadores com 02 núcleos, realmente com um ganho de desempenho enorme em relação ao Pentium e Dual Core. Atualmente estão com um ótimo preço e representam a melhor relação custo-benefício para quem quer uma máquina boa e não quer gastar muito





Core 2 Quad: Linha de início dos processadores de 4 núcleos, mudanças significativas em relação aos Coe 2 Duo, porém o ganho prático de velocidade depende muito do programa utilizado.





Core i7: é o top de linha da intel, uma nova geração, um novo conceito em multiprocessamento, também possui 04 núcleos e o retorno do sistema HT (Hyper-threading ou Hiperprocessamento), que faz o sistema operacional enxergar 08 núcleos de processamento (simulado). É o procesaador mais rápido hoje para cálculos matemáticos, vetores, programas de engenharia.




Core i5: é o último lançamento da Intel, considerado um pouco inferior ao i7 em processamento de dados, não possui o recurso de HT. Mas não se engane, pois o i5 consegue superar o i7 em algumas situações como no processamento gráfico, pois incorpora um controlador gráfico no próprio processador o que permite uma comunicação direta com a placa de vídeo, tornando o processameto mais rápido. É considerado hoje a melhor relação custo-benefício entre os tops, é o meu escolhido


Um abraço aos leitores do Byte Fácil

Windows é ruim, mas domina o mercado!

Segundo a empresa de consultoria o Windows mantém domínio absoluto sobre os seus concorrentes, veja abaixo:

Windows domina 92,77% do mercado mundial de sistemas operacionais, seguido por Mac OS X (5,12%) e Linux (0,95%)

É intrigante pensar que um sistema que teve tantos problemas como o Windows 98, passou pelo ótimo Windows XP e depois pelo fracasso do Windows Vista, e agora pelo promissor Windows 7 se mantenha tão absoluto apesar de tanta oscilação na qualidade do produto. A resposta é simples: o Windows pode ser ruim e ter problemas mas todos sabem utilizá-lo, todo técnico em informática sabe resolver os principais problemas do sistema, todos os fabricantes de hardware produzem produtos para serem primariamente compatíveis com o Windows, os celulares, videogames e outros eletrônicos seguem a mesma lógica de navegação do Windows e por aí vai.

É a mesma lógica ao comprarmos um carro, procuramos uma marca sólida, com assistência técnica ampla e que possamos encontrar peças em qualquer esquina. O império construido por Bill Gates é sólido e se mantém hoje com base no número de pessoas que já utilizam o seu sistema, neste contexto acredito que a pirataria do Windows, apesar de retirar milhões dos cofres da Microsoft, é uma das responsáveis pela hegemonia do sistema, todos podem ter o Windows instalado, aprender a utilizá-lo sendo original ou não (não discuto aqui o mérito da legalidade) e com isso torna-se desinteressante procurar outro sistema mesmo que gratuito para aprender uma nova forma de se comunicar com o sistema operacional.

Acredito muito na concorrência, acho que qualquer sistema operacional e programas, deveriam produzir arquivos compatíveis entre si, e serem o mais compatível possíve4l em hardware, mantendo assim o direito de escolha do usuário.

Estou entre os 0,95% que usam Linux(no meu caso o Ubuntu), e estou muito satisfeito, mas admito que é necessário uma curva de aprendizado e que a maioria das pessoas querem apenas sentar na frente do computador e fazer suas atividades sem se preocupar detalhes do sistema, não vejo nada de errado com isso, cada um na sua!

Um abraço a todos os leitores de Byte Fácil

Windows 7 - Líder de Vendas na Amazon




Lançado oficialmente em 22-10-2009, o Windows 7 é a grande sensação do momento. O megasite de vendas online Amazon.com registra o Windows 7 como o campeão de vendas na linha de softwares. Os fabricantes de hardware também estão entusiasmados pois com a chegada do novo sistema operacional as vendas de novos computadores deve aumentar e novos lançamentos vão inundar o mercado. Muitos consumidores adiaram a compra do novo PC para aguardar o lançamento do Windows 7 e adquirir uma máquina com o novo sistema operacional.

Tanta euforia não é para menos, as análises preliminares evidenciam que o Windows 7 poderá cumprir o que o Windows Vista não conseguiu: ser rápido, seguro e substituir a altura o Windows XP.

A versão mais recomendada para consumidores domésticos é a Home Premium com preço médio de R$ 399,00

Veja aqui as novidades e as versões do novo sistema operacional da Microsoft.