24 de outubro de 2009

Qual processador escolher - Entenda os Processadores Intel

Se você está confuso com tantos nomes de processadores e lançamentos recentes, aí vai um pequeno resumo do histórico e dos processadores mais recentes da Intel e o seu significado (apenas processadores para Desktop):

Pentium: linha de processadores mais antiga, dominou o mercado por um bom tempo e foi uma revolução na informática. Linhas Pentium I, II, III, IV. No pentium IV a Intel introduziu uma nova tecnologia chamada de HT (Hyper-threading ou Hiperprocessamento) onde ocorria a simulação de 01 processador ser enxergado pela máquina com 2 processadores, facilitando a divisão de trabalho e teoricamente melhorando o desempenho




Celeron: linha derivada do Pentium, porém inferior e mais barata. Foi uma solução interessante para a montagem de computadores mais simples, para edição de texto, web entre outras atividades.






Dual Core: início dos processadores com mais de um núcleo. Apresentam desempenho inferior ao seu sucessor Core 2 Duo e ainda maior gasto de energia e aquecimento




Core 2 Duo: Linha final dos processadores com 02 núcleos, realmente com um ganho de desempenho enorme em relação ao Pentium e Dual Core. Atualmente estão com um ótimo preço e representam a melhor relação custo-benefício para quem quer uma máquina boa e não quer gastar muito





Core 2 Quad: Linha de início dos processadores de 4 núcleos, mudanças significativas em relação aos Coe 2 Duo, porém o ganho prático de velocidade depende muito do programa utilizado.





Core i7: é o top de linha da intel, uma nova geração, um novo conceito em multiprocessamento, também possui 04 núcleos e o retorno do sistema HT (Hyper-threading ou Hiperprocessamento), que faz o sistema operacional enxergar 08 núcleos de processamento (simulado). É o procesaador mais rápido hoje para cálculos matemáticos, vetores, programas de engenharia.




Core i5: é o último lançamento da Intel, considerado um pouco inferior ao i7 em processamento de dados, não possui o recurso de HT. Mas não se engane, pois o i5 consegue superar o i7 em algumas situações como no processamento gráfico, pois incorpora um controlador gráfico no próprio processador o que permite uma comunicação direta com a placa de vídeo, tornando o processameto mais rápido. É considerado hoje a melhor relação custo-benefício entre os tops, é o meu escolhido


Um abraço aos leitores do Byte Fácil

Nenhum comentário: